“Pronto, comprei!” Alunos abordam a compra impulsiva em TCC

Quem nunca foi ao supermercado e acabou comprando algumas “coisinhas” a mais, que não estavam dentro do planejamento? O local onde ficam expostas as mercadorias, a disposição delas nas gôndolas dos supermercados e até mesmo a cor das embalagens podem ser fatores determinantes na hora da compra impulsiva.

“Pronto, comprei!” É o título do Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) dos acadêmicos de Administração e Comércio Exterior Gabriela Ayres, Pedro Lazarini e Stéfany Ferraz. “A ideia surgiu durante meu processo de reabilitação de um acidente. Fiquei cinco meses sem andar e, quando comecei a dar os primeiros passos depois do acidente, comprei dois sapatos com saltos enormes. Minha mãe me perguntou por que havia comprado os calçados, sendo que não poderia usá-los. Daí, sem saber o que responder disse a ela: ‘um dia vou poder usar. Ah, pronto, comprei!’ E daí veio o tema de nosso trabalho”, relembra Gabriela.

Para a realização do TCC, os acadêmicos ouviram mais de cem pessoas nos principais hipermercados da Grande Vitória. E puderam observar e constatar várias coisas durante as visitas aos centros comerciais. “Quando a pessoa vai ao mercado com fome, a tendência é que ela compre mais coisas por impulso. Promoções, amostras grátis e até mesmo brindes podem induzir a compra fora do planejamento”, detalhou Gabriela.

Segundo a acadêmica, os hipermercados sabem muito bem como induzir os clientes a levar para casa além do programado, e abusam das táticas de venda. “Produtos expostos próximos aos caixas também são uma isca para fazer o consumidor comprar. Enquanto ele espera sua vez para pagar as compras, acaba fazendo outras”, explica a pesquisadora.

Gabriela afirma que, com a realização do trabalho, aprendeu coisas que servem para a vida. “Como fizemos muita pesquisa de campo, aprendi que é preciso ter bastante paciência com as pessoas. A persistência também foi fator crucial para atingirmos a nossa meta – fazermos um bom trabalho e sermos aprovados – , pois queríamos um resultado e fomos em busca dele”, relata. Os acadêmicos já apresentaram o trabalho e obtiveram a aprovação.

O TCC foi orientado pela Professora Neidy Christo, a quem os acadêmicos fazem questão de agradecer. “Agradecemos pela orientadora maravilhosa que tivemos. Foi grande o auxílio, atenção e disponibilidade em nos atender, em meio a tantos compromissos. Sem falar na simpatia e amizade”. Mas os estudantes também receberam uma forcinha de uma pessoa muito especial, que compõe o quadro de funcionários da PIO XII. “De que adiantaria possuir um tema interessante, uma excelente orientadora e não dispor de material para a realização deste trabalho? Agradecemos a nossa bibliotecária Deuzuita Evangelista, que por tantas vezes nos socorreu!”

A PIO XII parabeniza os acadêmicos pelo ótimo trabalho desenvolvido e deseja uma carreira profissional repleta de realizações.

alunosTCC1

“Pronto, comprei!” Alunos abordam a compra impulsiva em TCC

Quem nunca foi ao supermercado e acabou comprando algumas “coisinhas” a mais, que não estavam dentro do planejamento? O local onde ficam expostas as mercadorias, a disposição delas nas gôndolas dos supermercados e até mesmo a cor das embalagens podem ser fatores determinantes na hora da compra impulsiva.

“Pronto, comprei!” É o título do Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) dos acadêmicos de Administração e Comércio Exterior Gabriela Ayres, Pedro Lazarini e Stéfany Ferraz. “A ideia surgiu durante meu processo de reabilitação de um acidente. Fiquei cinco meses sem andar e, quando comecei a dar os primeiros passos depois do acidente, comprei dois sapatos com saltos enormes. Minha mãe me perguntou por que havia comprado os calçados, sendo que não poderia usá-los. Daí, sem saber o que responder disse a ela: ‘um dia vou poder usar. Ah, pronto, comprei!’ E daí veio o tema de nosso trabalho”, relembra Gabriela.

Para a realização do TCC, os acadêmicos ouviram mais de cem pessoas nos principais hipermercados da Grande Vitória. E puderam observar e constatar várias coisas durante as visitas aos centros comerciais. “Quando a pessoa vai ao mercado com fome, a tendência é que ela compre mais coisas por impulso. Promoções, amostras grátis e até mesmo brindes podem induzir a compra fora do planejamento”, detalhou Gabriela.

Segundo a acadêmica, os hipermercados sabem muito bem como induzir os clientes a levar para casa além do programado, e abusam das táticas de venda. “Produtos expostos próximos aos caixas também são uma isca para fazer o consumidor comprar. Enquanto ele espera sua vez para pagar as compras, acaba fazendo outras”, explica a pesquisadora.

Gabriela afirma que, com a realização do trabalho, aprendeu coisas que servem para a vida. “Como fizemos muita pesquisa de campo, aprendi que é preciso ter bastante paciência com as pessoas. A persistência também foi fator crucial para atingirmos a nossa meta – fazermos um bom trabalho e sermos aprovados – , pois queríamos um resultado e fomos em busca dele”, relata. Os acadêmicos já apresentaram o trabalho e obtiveram a aprovação.

O TCC foi orientado pela Professora Neidy Christo, a quem os acadêmicos fazem questão de agradecer. “Agradecemos pela orientadora maravilhosa que tivemos. Foi grande o auxílio, atenção e disponibilidade em nos atender, em meio a tantos compromissos. Sem falar na simpatia e amizade”. Mas os estudantes também receberam uma forcinha de uma pessoa muito especial, que compõe o quadro de funcionários da PIO XII. “De que adiantaria possuir um tema interessante, uma excelente orientadora e não dispor de material para a realização deste trabalho? Agradecemos a nossa bibliotecária Deuzuita Evangelista, que por tantas vezes nos socorreu!”

A PIO XII parabeniza os acadêmicos pelo ótimo trabalho desenvolvido e deseja uma carreira profissional repleta de realizações.

alunosTCC1

×

Olá, seja bem-vindo(a)!

Entre em contato agora com nossa equipe.

× Como posso te ajudar?