Garçonete é demitida por reclamar de gorjeta no Facebook

Todo mundo tem dias ruins no trabalho. Mas, para uma garçonete americana, o que já não estava bom terminou de forma ainda pior. Kirsten Kelly foi demitida depois de reclamar pelo Facebook de gorjetas ruins dos clientes em uma sexta-feira à noite. Ela postou na rede social um comentário dizendo que “se você vem a um restaurante para gastar mais de 50 dólares, você deveria poder dar gorjetas justas”.

Acontece que uma das frequentadoras da Texas Roadhouse, em Findlay, Ohio, naquela sexta-feira era amiga de Kirsten na rede social e não gostou nada de ser difamada pela internet. A conhecida tirou um print do comentário da garçonete e levou até o chefe dela no restaurante, que decidiu demitir a funcionária. “Eu sei que poderiam ter brigado comigo por isso, mas não imaginava que me demitiriam”, afirmou Kirsten ao site Toledo News.

A garçonete garantiu que tinha feito um comentário vago e que não havia mencionado ninguém em específico, mas a alegação não foi suficiente para manter seu emprego.

Fonte: O Globo.

Garçonete é demitida por reclamar de gorjeta no Facebook

Todo mundo tem dias ruins no trabalho. Mas, para uma garçonete americana, o que já não estava bom terminou de forma ainda pior. Kirsten Kelly foi demitida depois de reclamar pelo Facebook de gorjetas ruins dos clientes em uma sexta-feira à noite. Ela postou na rede social um comentário dizendo que “se você vem a um restaurante para gastar mais de 50 dólares, você deveria poder dar gorjetas justas”.

Acontece que uma das frequentadoras da Texas Roadhouse, em Findlay, Ohio, naquela sexta-feira era amiga de Kirsten na rede social e não gostou nada de ser difamada pela internet. A conhecida tirou um print do comentário da garçonete e levou até o chefe dela no restaurante, que decidiu demitir a funcionária. “Eu sei que poderiam ter brigado comigo por isso, mas não imaginava que me demitiriam”, afirmou Kirsten ao site Toledo News.

A garçonete garantiu que tinha feito um comentário vago e que não havia mencionado ninguém em específico, mas a alegação não foi suficiente para manter seu emprego.

Fonte: O Globo.

×

Olá, seja bem-vindo(a)!

Entre em contato agora com nossa equipe.

× Como posso te ajudar?