Utilização de celulares lidera infrações no trânsito da Grande Vitória

Os celulares estão cada vez mais modernos. Acessar e-mails, ver as redes sociais e até mesmo pagar contas. Tudo com muita facilidade. Difícil é não se distrair com tanta tecnologia, principalmente no trânsito. Por isso, falar ou ate mesmo utilizar o celular enquanto dirige um automóvel é proibido. Mas o número de pessoas que descumprem a lei ainda é alto.

Em dezembro do ano passado dirigir utilizando telefone celular liderou o ranking das infrações de trânsito. Foram quase 2.300 multas. Em segundo lugar está o avanço de sinal vermelho, com 772 infrações, seguido de estacionar em local ou horário proíbido com mais de 630, e deixar de usar o cinto de segurança com 378 infrações.

“Pode acabar acontecendo um acidente por conta dessa distração, tanto para o próprio condutor ou ferindo outras pessoas”, afirma o agente Leonardo, da Guarda de Transito de Vitória.

O valor das multas pode variar dependendo da gravidade da infração, e o motorista pode ter a carteira suspensa por um período. Mas mesmo sabendo das regras, muitos condutores insistem em cometer essas infrações. Para o agente, além de mais conscientização das pessoas, é preciso fazer um trabalho educativo nas escolas, para que os futuros motoristas sejam mais responsáveis.

“Existe essa questão da conscientização, que já é individual, e existe também um pouco mais de necessidade de formação básica. Essa formação pode acontecer nas escolas ou através de uma melhoria na formação das auto escolas”, explica.

Fonte: Folha Vitória

Utilização de celulares lidera infrações no trânsito da Grande Vitória

Os celulares estão cada vez mais modernos. Acessar e-mails, ver as redes sociais e até mesmo pagar contas. Tudo com muita facilidade. Difícil é não se distrair com tanta tecnologia, principalmente no trânsito. Por isso, falar ou ate mesmo utilizar o celular enquanto dirige um automóvel é proibido. Mas o número de pessoas que descumprem a lei ainda é alto.

Em dezembro do ano passado dirigir utilizando telefone celular liderou o ranking das infrações de trânsito. Foram quase 2.300 multas. Em segundo lugar está o avanço de sinal vermelho, com 772 infrações, seguido de estacionar em local ou horário proíbido com mais de 630, e deixar de usar o cinto de segurança com 378 infrações.

“Pode acabar acontecendo um acidente por conta dessa distração, tanto para o próprio condutor ou ferindo outras pessoas”, afirma o agente Leonardo, da Guarda de Transito de Vitória.

O valor das multas pode variar dependendo da gravidade da infração, e o motorista pode ter a carteira suspensa por um período. Mas mesmo sabendo das regras, muitos condutores insistem em cometer essas infrações. Para o agente, além de mais conscientização das pessoas, é preciso fazer um trabalho educativo nas escolas, para que os futuros motoristas sejam mais responsáveis.

“Existe essa questão da conscientização, que já é individual, e existe também um pouco mais de necessidade de formação básica. Essa formação pode acontecer nas escolas ou através de uma melhoria na formação das auto escolas”, explica.

Fonte: Folha Vitória