Receita Federal terá concurso com 278 vagas para auditor

A Receita Federal vai abrir concurso para preencher 278 vagas de auditor fiscal. A autorização foi dada ontem pelo Ministério do Planejamento. O órgão liberou ainda a realização de certame para 66 oportunidades na Agência Espacial Brasileira (AEB).

O salário de auditor é de R$ 14.653, incluindo o auxílio-alimentação, de R$373. Os candidatos precisam ter nível superior em qualquer área.

Ao todo, o Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão autorizou, a realização 344 vagas, distribuídas por dois concursos na Agência Espacial Brasileira (AEB) e na Receita Federal. As portarias foram publicadas no “Diário Oficial da União” desta quarta-feira (19).

A portaria nº 51 autoriza a realização de concurso público para 278 cargos de auditor-fiscal da Receita Federal do Brasil, da carreira de auditoria da Receita Federal do Brasil.

Terão exercício inicial fixado na Superintendência Nacional de Previdência Complementar 28 auditores-fiscais da Receita Federal do Brasil, relativos ao concurso público de que trata esta portaria.

O provimento dos cargos está condicionado à existência de vagas na data de nomeação; e à declaração do respectivo ordenador de despesa sobre a adequação orçamentária e financeira da nova despesa com a Lei Orçamentária Anual e sua compatibilidade com a Lei de Diretrizes Orçamentárias, demonstrando a origem dos recursos a serem utilizados.

Já a portaria nº 47 autoriza a realização de concurso público para 66 cargos do plano de carreiras para a área de ciência e tecnologia, do quadro efetivo da Agência Espacial Brasileira (AEB), autarquia vinculada ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação.

Serão 24 vagas para tecnologista (nível superior), 30 para analista em ciência e tecnologia (30) e 12 para assistente em ciência e tecnologia (nível médio).

O provimento dos cargos está condicionado à existência de vagas na data da nomeação; e à declaração do respectivo ordenador de despesa, quando do provimento dos referidos cargos, sobre a adequação orçamentária e financeira da nova despesa à Lei Orçamentária Anual e sua compatibilidade com a Lei de Diretrizes Orçamentárias, demonstrando a origem dos recursos a serem utilizados.

O prazo para a publicação dos editais de abertura dos concursos públicos será de até seis meses, contado a partir da publicação desta portaria, ou seja, até agosto deste ano.

Fonte: Gazeta Online

Receita Federal terá concurso com 278 vagas para auditor

A Receita Federal vai abrir concurso para preencher 278 vagas de auditor fiscal. A autorização foi dada ontem pelo Ministério do Planejamento. O órgão liberou ainda a realização de certame para 66 oportunidades na Agência Espacial Brasileira (AEB).

O salário de auditor é de R$ 14.653, incluindo o auxílio-alimentação, de R$373. Os candidatos precisam ter nível superior em qualquer área.

Ao todo, o Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão autorizou, a realização 344 vagas, distribuídas por dois concursos na Agência Espacial Brasileira (AEB) e na Receita Federal. As portarias foram publicadas no “Diário Oficial da União” desta quarta-feira (19).

A portaria nº 51 autoriza a realização de concurso público para 278 cargos de auditor-fiscal da Receita Federal do Brasil, da carreira de auditoria da Receita Federal do Brasil.

Terão exercício inicial fixado na Superintendência Nacional de Previdência Complementar 28 auditores-fiscais da Receita Federal do Brasil, relativos ao concurso público de que trata esta portaria.

O provimento dos cargos está condicionado à existência de vagas na data de nomeação; e à declaração do respectivo ordenador de despesa sobre a adequação orçamentária e financeira da nova despesa com a Lei Orçamentária Anual e sua compatibilidade com a Lei de Diretrizes Orçamentárias, demonstrando a origem dos recursos a serem utilizados.

Já a portaria nº 47 autoriza a realização de concurso público para 66 cargos do plano de carreiras para a área de ciência e tecnologia, do quadro efetivo da Agência Espacial Brasileira (AEB), autarquia vinculada ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação.

Serão 24 vagas para tecnologista (nível superior), 30 para analista em ciência e tecnologia (30) e 12 para assistente em ciência e tecnologia (nível médio).

O provimento dos cargos está condicionado à existência de vagas na data da nomeação; e à declaração do respectivo ordenador de despesa, quando do provimento dos referidos cargos, sobre a adequação orçamentária e financeira da nova despesa à Lei Orçamentária Anual e sua compatibilidade com a Lei de Diretrizes Orçamentárias, demonstrando a origem dos recursos a serem utilizados.

O prazo para a publicação dos editais de abertura dos concursos públicos será de até seis meses, contado a partir da publicação desta portaria, ou seja, até agosto deste ano.

Fonte: Gazeta Online