No dia 30 de maio, a Artista Plástica Elaine Sohelo foi recebida na Quarta Cultural, a convite do Coordenador  do projeto, Marcos Anselmo da Vitória.

Com a temática voltada à arte, Elaine exibiu suas obras ao público, juntamente com as respectivas histórias de suas criações. Além disso, o congo, manifestação folclórica popularizada no Espírito Santo, foi apresentado na Quarta, juntamente com seu personagem principal.

Incorporado originalmente ao carnaval de congo de Cariacica, a figura do mascarado João Bananeira equilibra fantasia e realidade da identidade folclórica da congada. Com o rosto coberto pela máscara e o corpo tapado com folhas de bananeira, o mascarado se junta ao cortejo acendendo o imaginário das rodas de congo.

Conforme os relatos dos mais antigos, no meio da procissão, negros e escravos colocavam máscaras para cobrir os rostos e até mesmo usavam meias nos braços para não serem identificados e, assim, participarem do cortejo. Com o tempo, transformou-se numa brincadeira e foi incorporada à tradição da festa folclórica.

O mistério do personagem está em não divulgar quem está por trás da máscara, sendo revelado somente ao final da apresentação. Antes, ainda com as tradições mais enraizadas, para conseguir que não fossem identificados, os mascarados se vestiam nas plantações de banana da zona rural do município.