Professor da PIO XII vai atuar na CPI da Máfia das Próteses

O Professor do Curso de Direito da PIO XII, Alexandre Guimarães, que também atua como Procurador de Justiça no Ministério Público, tem um novo desafio: ele será Assessor Especial do Senado Federal na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Máfia das Próteses, que tem como Presidente o Senador Magno Malta (ES).

Alexandre Guimarães

O convite foi feito pelo parlamentar, e deixou o docente bastante feliz. “Me senti profundamente honrado com o convite feito pelo Senador Magno Malta, presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito, que se destaca pela luta em favor da sociedade”, conta.

O novo desafio do Professor é fruto do reconhecimento de seu trabalho aqui no Estado. “O convite surgiu devido ao trabalho realizado no Ministério Público na área de Defesa do Consumidor, e em decorrência de minha formação acadêmica nessa área do conhecimento – Especialista, Mestre e Doutor”, relata o Professor.

Daqui pra frente, o Professor tem a missão de prestar orientação jurídica ao Senado Federal, a fim de que os fatos sejam apurados e os responsáveis por erros praticados sejam punidos.

Saiba mais sobre a Máfia das Próteses

De acordo com a reportagem do Fantástico, médicos recebem comissões para utilizar o material de determinadas empresas fornecedoras de próteses ou indicam cirurgias desnecessárias. Além disso, apresentam orçamentos superfaturados para obrigar o Sistema Único de Saúde (SUS) e os planos de saúde a pagarem pelo procedimento.

*Com informações do G1

Professor da PIO XII vai atuar na CPI da Máfia das Próteses

O Professor do Curso de Direito da PIO XII, Alexandre Guimarães, que também atua como Procurador de Justiça no Ministério Público, tem um novo desafio: ele será Assessor Especial do Senado Federal na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Máfia das Próteses, que tem como Presidente o Senador Magno Malta (ES).

Alexandre Guimarães

O convite foi feito pelo parlamentar, e deixou o docente bastante feliz. “Me senti profundamente honrado com o convite feito pelo Senador Magno Malta, presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito, que se destaca pela luta em favor da sociedade”, conta.

O novo desafio do Professor é fruto do reconhecimento de seu trabalho aqui no Estado. “O convite surgiu devido ao trabalho realizado no Ministério Público na área de Defesa do Consumidor, e em decorrência de minha formação acadêmica nessa área do conhecimento – Especialista, Mestre e Doutor”, relata o Professor.

Daqui pra frente, o Professor tem a missão de prestar orientação jurídica ao Senado Federal, a fim de que os fatos sejam apurados e os responsáveis por erros praticados sejam punidos.

Saiba mais sobre a Máfia das Próteses

De acordo com a reportagem do Fantástico, médicos recebem comissões para utilizar o material de determinadas empresas fornecedoras de próteses ou indicam cirurgias desnecessárias. Além disso, apresentam orçamentos superfaturados para obrigar o Sistema Único de Saúde (SUS) e os planos de saúde a pagarem pelo procedimento.

*Com informações do G1