Presidente de Honra da Mantenedora participa da abertura da II Semana da Justiça pela Paz em Casa

A Presidente de Honra da Mantenedora, Maria Thereza Villaschi Chibib, esteve nesta segunda-feira, dia 3 de agosto, na abertura da II Semana da Justiça Pela Paz em Casa, realizada pelo Tribunal de Justiça do Estado do Espírito Santo. A abertura do evento foi às 10h, na Praça Duque de Caxias, em Vila Velha. A II Semana da Justiça Pela Paz em Casa acontece até o dia 7 de agosto.

A Coordenadora Estadual de Enfrentamento à Violência Doméstica e Familiar, Juíza Hermínia Maria Azoury, destacou os avanços do trabalho de enfrentamento à violência doméstica. “Enquanto a gente divulga, as mulheres estão tomando conhecimento de seus direitos. Isso é importante porque muitas não sabem nem que existe a Lei Maria da Penha”, disse.

A Presidente de Honra da Mantenedora fez questão de manifestar seu apoio à causa das mulheres. “Coloquei a PIO XII à disposição desse trabalho da Juíza Hermínia, que tem feito a diferença em âmbito nacional”, declarou Dona Thereza. E ela quer ir mais além. “Conheci um grupo de mulheres daqui de Cariacica que desenvolve um trabalho em prol do combate à violência contra a mulher, e sugeri que uníssemos forças e procurássemos o TJ para realizarmos um trabalho similar em Cariacica. A proposta foi bem recebida”, comemora.

IMG-20150803-WA0004- Thereza Herminia TJ

Presidente de Honra da Mantenedora participa da abertura da II Semana da Justiça pela Paz em Casa

A Presidente de Honra da Mantenedora, Maria Thereza Villaschi Chibib, esteve nesta segunda-feira, dia 3 de agosto, na abertura da II Semana da Justiça Pela Paz em Casa, realizada pelo Tribunal de Justiça do Estado do Espírito Santo. A abertura do evento foi às 10h, na Praça Duque de Caxias, em Vila Velha. A II Semana da Justiça Pela Paz em Casa acontece até o dia 7 de agosto.

A Coordenadora Estadual de Enfrentamento à Violência Doméstica e Familiar, Juíza Hermínia Maria Azoury, destacou os avanços do trabalho de enfrentamento à violência doméstica. “Enquanto a gente divulga, as mulheres estão tomando conhecimento de seus direitos. Isso é importante porque muitas não sabem nem que existe a Lei Maria da Penha”, disse.

A Presidente de Honra da Mantenedora fez questão de manifestar seu apoio à causa das mulheres. “Coloquei a PIO XII à disposição desse trabalho da Juíza Hermínia, que tem feito a diferença em âmbito nacional”, declarou Dona Thereza. E ela quer ir mais além. “Conheci um grupo de mulheres daqui de Cariacica que desenvolve um trabalho em prol do combate à violência contra a mulher, e sugeri que uníssemos forças e procurássemos o TJ para realizarmos um trabalho similar em Cariacica. A proposta foi bem recebida”, comemora.

IMG-20150803-WA0004- Thereza Herminia TJ