Por que utilizar um programa de Mentoring?

Palavra “mentor” vem de Odisséia do poeta grego Homero. Quando Ulisses parte para a guerra e deixa Telêmaco – seu único herdeiro, aos cuidados de um amigo da família chamado Mentor para o ser o orientador. Um bom mentor pratica suas competências com uma combinação de compaixão infinita, comunicação clara e sincera, com alegria na função de ser um auxiliar na longa jornada em direção ao desenvolvimento.

Participo com certa frequência em programas para a formação de mentores. O programa de mentoring refere-se a uma orientação estruturada em que um profissional mais experiente (Mentor) orienta um profissional menos experiente (Mentorado) com o objetivo de provocar insights sobre seu desenvolvimento. É uma ferramenta de grande eficácia no desenvolvimento de pessoas.

Ele proporciona, tanto ao mentor quanto ao mentorado, oportunidade de trocar conhecimentos, experiências, diferentes pontos de vista e, com isso, os levam a refletir sobre seus projetos de vida e de carreira. É um momento em que o mentorado, com o apoio do seu mentor, analisa sua trajetória profissional, identifica seus pontos fortes, oportunidades de melhoria e discute ações que visam o melhor aproveitamento de seu potencial.

blog 158

O mentor proporciona orientação de carreira e feedback para elevar o desenvolvimento pessoal e profissional do mentorado. A relação de confiança e cooperação criada por meio do processo de mentoring beneficia ambas as partes, pois proporciona ao mentor e ao mentorado a oportunidade de trocar conhecimentos, experiências e diferentes pontos de vista e, com isso, o Mentorado reflete sobre seus projetos de vida e de carreira, potencializando seus talentos e habilidades.

O Programa de Mentoring possibilita que o mentorado, com o apoio de seu Mentor, analise sua trajetória profissional, identifique pontos fortes e oportunidades de melhoria e discute ações que promovem o autodesenvolvimento e o melhor aproveitamento de seu potencial. É comum confundirmos os papéis de Mentor, Gestor e Coach. Por isso, para esclarecer de maneira sucinta e objetiva, segue um breve descritivo de cada um:

Gestor (Líder Diretor)
Obtenção de Resultados por meio da equipe. Foco no curto e médio prazo. Atuação do Gestor: direciona, acompanha, corrige rotas, dá feedback e reconhece. Serve de exemplo de liderança e gestão.

Mentor (alguém da empresa ou não. Só não deve ser o seu líder direto)
Orientação e apoio para impulsionar o mentorado em sua Carreira. É um relacionamento dedicado à criação e à manutenção da eficácia profissional, pessoal e ao avanço da carreira. Foco no médio e longo prazo.
Atuação do Mentor: aconselha, troca experiências, dá Feedback, desenvolve, promove a adaptação à cultura.

Coach (profissional externo ou alguém dentro da empresa. É saudável que não seja seu líder direto)
Acelerar o desenvolvimento de competências para a melhora de habilidades, autoconhecimento e autogestão. Foco no curto e médio prazo.
Atuação do coach: orienta, acompanha, facilita a construção de um plano de ação, dá feedback, e colabora no desenvolvimento.

O processo de Mentoring promove:
Discussões com o objetivo de auxiliar o desenvolvimento profissional do mentorado a longo prazo;
Suporte e direcionamento profissional com o intuito de maximizar a performance e qualidade de vida do mentorado;
Foco no desenvolvimento integral do mentorado, tanto profissional quanto pessoal;
Gestão do conhecimento por meio de trocas de experiências entre mentores e mentorados.

O aprendizado e desenvolvimento se dão por diversos estímulos. Assim, é importante garantir uma combinação de métodos para nos auxiliar nessa trajetória que é norteada pelo Modelo 70/20/10, desenvolvido por Morgan Mc Call, Robert W Eichinger e Michael M. Lombardo. Assim o desenvolvimento acontece na seguinte proporção:
70% do aprendizado vem da prática;
20% através de feedback, orientação ou modelos de comportamentos;
10% através da teoria, livros ou filmes.

O Programa de Mentoring busca aplicar o conceito dos 70/20/10 promovendo:
Aumento das trocas de experiências;
Experiências de aprendizado agradáveis;
Diversidade de conhecimentos;
Aumento do conhecimento corporativo (Gestão do Conhecimento);
Integração de colegas (networking);

Aqui vai uma dicaduka: Se você é um futuro mentor, no primeiro encontro, procure explorar questões como: O que você gostaria de saber sobre o seu mentorado? O que você quer compartilhar? O que você espera do seu mentorado após o mentoring? Procure também estabelecer um “contrato de trabalho” entre você e seu mentorado, revisitando sempre que preciso. Para este contrato, é importante pensar em questões como: Quantas vezes você e seu mentorado irão se encontrar? Como você irá estabelecer as metas do programa? Quais são as regras de confidencialidade? •Como dar feedback um ao outro sobre o funcionamento dos encontros?

Mochila nas costas e até a próxima trilha!

Professor Paulo Vieira de Campos tem 20 anos de experiência em soluções de aprendizagem (Ensinar, Aprender e Liderar). Desde 2000 já realizou mais de 1.800 palestras para 80 mil pessoas nos temas relacionados ao comportamento humano nas áreas de Liderança, aprendizado de adultos e gestão de pessoas.

mentoringsite

Fonte: EXAME

Por que utilizar um programa de Mentoring?

Palavra “mentor” vem de Odisséia do poeta grego Homero. Quando Ulisses parte para a guerra e deixa Telêmaco – seu único herdeiro, aos cuidados de um amigo da família chamado Mentor para o ser o orientador. Um bom mentor pratica suas competências com uma combinação de compaixão infinita, comunicação clara e sincera, com alegria na função de ser um auxiliar na longa jornada em direção ao desenvolvimento.

Participo com certa frequência em programas para a formação de mentores. O programa de mentoring refere-se a uma orientação estruturada em que um profissional mais experiente (Mentor) orienta um profissional menos experiente (Mentorado) com o objetivo de provocar insights sobre seu desenvolvimento. É uma ferramenta de grande eficácia no desenvolvimento de pessoas.

Ele proporciona, tanto ao mentor quanto ao mentorado, oportunidade de trocar conhecimentos, experiências, diferentes pontos de vista e, com isso, os levam a refletir sobre seus projetos de vida e de carreira. É um momento em que o mentorado, com o apoio do seu mentor, analisa sua trajetória profissional, identifica seus pontos fortes, oportunidades de melhoria e discute ações que visam o melhor aproveitamento de seu potencial.

blog 158

O mentor proporciona orientação de carreira e feedback para elevar o desenvolvimento pessoal e profissional do mentorado. A relação de confiança e cooperação criada por meio do processo de mentoring beneficia ambas as partes, pois proporciona ao mentor e ao mentorado a oportunidade de trocar conhecimentos, experiências e diferentes pontos de vista e, com isso, o Mentorado reflete sobre seus projetos de vida e de carreira, potencializando seus talentos e habilidades.

O Programa de Mentoring possibilita que o mentorado, com o apoio de seu Mentor, analise sua trajetória profissional, identifique pontos fortes e oportunidades de melhoria e discute ações que promovem o autodesenvolvimento e o melhor aproveitamento de seu potencial. É comum confundirmos os papéis de Mentor, Gestor e Coach. Por isso, para esclarecer de maneira sucinta e objetiva, segue um breve descritivo de cada um:

Gestor (Líder Diretor)
Obtenção de Resultados por meio da equipe. Foco no curto e médio prazo. Atuação do Gestor: direciona, acompanha, corrige rotas, dá feedback e reconhece. Serve de exemplo de liderança e gestão.

Mentor (alguém da empresa ou não. Só não deve ser o seu líder direto)
Orientação e apoio para impulsionar o mentorado em sua Carreira. É um relacionamento dedicado à criação e à manutenção da eficácia profissional, pessoal e ao avanço da carreira. Foco no médio e longo prazo.
Atuação do Mentor: aconselha, troca experiências, dá Feedback, desenvolve, promove a adaptação à cultura.

Coach (profissional externo ou alguém dentro da empresa. É saudável que não seja seu líder direto)
Acelerar o desenvolvimento de competências para a melhora de habilidades, autoconhecimento e autogestão. Foco no curto e médio prazo.
Atuação do coach: orienta, acompanha, facilita a construção de um plano de ação, dá feedback, e colabora no desenvolvimento.

O processo de Mentoring promove:
Discussões com o objetivo de auxiliar o desenvolvimento profissional do mentorado a longo prazo;
Suporte e direcionamento profissional com o intuito de maximizar a performance e qualidade de vida do mentorado;
Foco no desenvolvimento integral do mentorado, tanto profissional quanto pessoal;
Gestão do conhecimento por meio de trocas de experiências entre mentores e mentorados.

O aprendizado e desenvolvimento se dão por diversos estímulos. Assim, é importante garantir uma combinação de métodos para nos auxiliar nessa trajetória que é norteada pelo Modelo 70/20/10, desenvolvido por Morgan Mc Call, Robert W Eichinger e Michael M. Lombardo. Assim o desenvolvimento acontece na seguinte proporção:
70% do aprendizado vem da prática;
20% através de feedback, orientação ou modelos de comportamentos;
10% através da teoria, livros ou filmes.

O Programa de Mentoring busca aplicar o conceito dos 70/20/10 promovendo:
Aumento das trocas de experiências;
Experiências de aprendizado agradáveis;
Diversidade de conhecimentos;
Aumento do conhecimento corporativo (Gestão do Conhecimento);
Integração de colegas (networking);

Aqui vai uma dicaduka: Se você é um futuro mentor, no primeiro encontro, procure explorar questões como: O que você gostaria de saber sobre o seu mentorado? O que você quer compartilhar? O que você espera do seu mentorado após o mentoring? Procure também estabelecer um “contrato de trabalho” entre você e seu mentorado, revisitando sempre que preciso. Para este contrato, é importante pensar em questões como: Quantas vezes você e seu mentorado irão se encontrar? Como você irá estabelecer as metas do programa? Quais são as regras de confidencialidade? •Como dar feedback um ao outro sobre o funcionamento dos encontros?

Mochila nas costas e até a próxima trilha!

Professor Paulo Vieira de Campos tem 20 anos de experiência em soluções de aprendizagem (Ensinar, Aprender e Liderar). Desde 2000 já realizou mais de 1.800 palestras para 80 mil pessoas nos temas relacionados ao comportamento humano nas áreas de Liderança, aprendizado de adultos e gestão de pessoas.

mentoringsite

Fonte: EXAME