No dia 24 de dezembro a Faculdade PIO XII foi mencionada em reportagem do jornal A Tribuna sobre Instituições que aderem o programa Nossa Bolsa.

O Centro de Pesquisa Rachid Mohamd Chibib preparou novo levantamento, publicado no dia 25 dezembro, em reportagem especial e capa do jornal A Tribuna. O tema da pesquisa feita foi “Comportamento Familiar”.

O levantamento foi realizado com 500 pessoas da Grande Vitória. A sondagem revelou que 93,8% dos entrevistados afirmam possuir uma família feliz.

Para o Coordenador da Pesquisa, Robson de Souza, este resultado não é surpreendente. “Nesta época de final de ano, mesmo tendo passado por situações difíceis, as pessoas asseguram que suas famílias são felizes” destacou.

No dia 28 de dezembro, o Professor Rivelino Amaral contribuiu para reportagem especial do jornal A tribuna sobre a morte do ex-Governador Gerson Camata.

Já no dia 29 de dezembro, mais uma vez a PIO XII é mencionada em reportagem do jornal A Tribuna sobre Instituições que aderem o programa Nossa Bolsa.

Ainda em A tribuna, na seção política, o Coordenador Geral da PIO XII, Marcelo Loyola, e o Presidente eleito da OAB, que também é Professor da Faculdade, Rizk Filho, participaram de matéria, publicada no dia 01 de janeiro, sobre os desafios que o novo governo enfrentará em 2019.

“A expectativa é de que os anseios da população sejam atendidos quanto ao crescimento econômico e social” ressaltou Rizk.

E mais, também no dia 01 de janeiro, a vice-Presidente da Associação Brasileira de Recursos Humanos do Espírito Santo (ABRH/ES), Professora Neidy Christo, contribuiu com entrevista ao vivo para a rádio CBN vitória.  A nossa docente orientou os ouvintes sobre como se recolocar no mercado de trabalho. (clique aqui e confira a entrevista)

No dia 03 de janeiro a Faculdade PIO XII foi mencionada em reportagem do jornal A Tribuna sobre mudanças que irão ocorrer no Ensino Superior.

O Ministério da Educação (MEC) divulgou que a partir deste ano as Instituições que oferecem cursos a distância poderão aumentar a carga horária das disciplinas de 20% para até 40%.

Para o Coordenador, que também contribuiu para a matéria, Marcelo Loyola, a modalidade do ensino a distância fortalece o aprendizado do aluno porque individualiza as atenções e favorece a organização pessoal, indispensável para o sucesso nos estudos.

 

Matérias