Nesta quinta-feira, 06 de dezembro, o Professor José Carlos Rizk Filho, que também é o Presidente eleito da OAB, participou juntamente com o Professor Rivelino Amaral de reportagem do jornal A Tribuna. Ambos opinaram sobre atitude do Ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandowski, que recorreu à Polícia Federal após receber críticas de um advogado.

Para Rizk, apesar da conduta inapropriada do Advogado Cristiano Caiado de Acioli, a fala contrária ao Ministro não configurou nenhum tipo de crime.

O Professor e Advogado Criminalista, Rivelino Amaral, também considerou a atitude do Ministro imprudente. “O posicionamento do Advogado não é fato considerado conduta criminosa, mas sim a expressão da opinião dele” ressaltou.