Tem novidade por aí! E é em algo que muito nos interessa: as mudanças no ENEM 2017 – Exame Nacional do Ensino Médio. As inscrições para a prova, que acontece em novembro, já vão começar no mês que vem, então é bom ficar atento!

Confira quais são as mudanças no ENEM 2017

O Diário Oficial da União (DOU) publicou as mudanças no ENEM 2017, entre elas, o aumento de 20,5% no valor da inscrição, que passou de R$ 68 para R$ 82. Lembrando que estão isentos estudantes de escolas públicas concluintes do ensino médio em 2017; participantes carentes que atendam aos critérios do CadÚnico (sistema de acesso a programas sociais, como o bolsa-família); estudantes que se enquadrarem nas exigências da Lei 12.799/2013 (renda familiar per capita de até um salário mínimo e meio, o equivalente a R$ 1.405,50, ou que cursaram o ensino médio completo em escola da rede pública ou como bolsista integral em escola da rede particular).

Também houve alteração nos dias de aplicação, nos cadernos de prova e redução da quantidade de participantes. O Enem 2017 passa a ser aplicado em dois domingos – 5 e 12 de novembro. O Inep estima a participação de 7,5 milhões de candidatos, contra 8,6 milhões de 2016. A diminuição se deve ao fato de que agora o exame deixa de certificar o ensino médio, tarefa que volta a ser cumprida pelo Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja).

Outra mudança no ENEM 2017 é na redação, antes aplicada no segundo dia de provas. Agora, os alunos farão a produção de texto no primeiro dia, com linguagens e códigos e ciências humanas. Com isso, o dia 5 terá o maior tempo de avaliação: cinco horas e 30 minutos. No dia 12, serão quatro horas e 30 minutos, com as provas de ciências da natureza e matemática.

As comparações do que mais muda no ENEM 2017

Confira a tabela abaixo, publicada no jornal A Tribuna de 11/04/17:

Mudanças no ENEM 2017

Entenda as mudanças no ENEM 2017

Quem desejar, pode conferir o edital completo. Clique aqui.

*Com informações do site enem2017.com e do Uai Em.com,