Na próxima terça-feira, dia 22, serão lançados livros de um projeto da Secretaria Municipal de Cultura, da Prefeitura de Cariacica, que conta com o apoio e patrocínio da Faculdade PIO XII. São oito livros de registros dos Tombamentos de Cariacica, sendo quatro para registro dos bens de patrimônio imaterial e outros quatro para o tombo de bens do patrimônio material. O objetivo dos livros é salvaguardar os bens patrimoniais do município de Cariacica.

O convênio de cooperação técnica firmado entre a PIO XII e a Prefeitura cobriu, além dos livros, os carimbos clichês, todo o material de divulgação e o coquetel de lançamento do projeto, que acontecerá no Centro Cultural Frei Civitella, em Campo Grande.

A Presidente de Honra da Faculdade, Maria Thereza Villaschi Chibib, se reuniu diversas vezes com o Secretário de Cultura, Erildo Denadai, e o Gerente de Preservação do Patrimônio Material e Imaterial, Marcos Rabelo. Eles explicaram que o processo de estudo para mapeamento dos patrimônios históricos do município foi iniciado há alguns anos. A gerência criou uma comissão que avaliou fotos, documentos e depoimentos de pessoas envolvidas com cada um dos estudos para criação de um dossiê. Esse material aponta a possibilidade de tombamento ou registro de cada item. O processo de tombamento é submetido à deliberação das unidades técnicas responsáveis pela proteção aos bens culturais. O processo é concluído com a inscrição no chamado Livro do Tombo.

Entre os primeiros patrimônios de Cariacica que devem entrar no processo de tombamento ou registro estão a Igreja São João Batista, o Monte Mochuara, a Estação Areinha, o Casarão de Ibiapaba, a Reserva Natural de Duas Bocas e o Congo de Máscaras.