20 de novembro foi definido como Dia da Consciência Negra porque nessa mesma data, no ano de 1695, o revolucionário Zumbi dos Palmares foi morto brutalmente por ser um dos líderes do movimento pelo fim da escravidão no Brasil. Zumbi lutou contra as doutrinas escravistas, ajudou na conservação de elementos da cultura africana no País, e atualmente, lembrar de sua luta nos faz refletir sobre a introdução dos negros na sociedade brasileira.

Zumbi morreu, mas deixou um legado. Ele serve de exemplo para muitos ativistas do Movimento Negro, que assim como ele lutam por mais direitos e, principalmente, por respeito à população negra.