Debate sobre feminicídio: a violência fatal contra a mulher

O Brasil é um dos países com maior índice de violência contra a mulher. De acordo com o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), a cada 90 minutos uma mulher é morta no país,  e muitas outras sofrem violência. Aqui no estado, os dados também são assustadores. O Espírito Santo lidera o ranking nacional de morte de mulheres.

Para tratar deste tema tão relevante, o vereador do município de Cariacica, Seu Pedro, realiza debate público nesta quinta-feira, dia 28 de novembro, na Câmara Municipal de Cariacica, a partir das 18h30. Participam do evento representantes de órgãos estaduais e municipais de políticas para a mulher.

Os estudantes universitários que comparecerem ao debate receberão certificado de participação, que pode ser usado como comprovante de atividade complementar. As inscrições serão feitas no dia do evento, antes de começar o debate.

A iniciativa faz parte dos “16 Dias de Ativismo pelo fim da Violência contra a Mulher”, Lei 5054, criada pelo vereador Seu Pedro.

chega

Debate sobre feminicídio: a violência fatal contra a mulher

O Brasil é um dos países com maior índice de violência contra a mulher. De acordo com o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), a cada 90 minutos uma mulher é morta no país,  e muitas outras sofrem violência. Aqui no estado, os dados também são assustadores. O Espírito Santo lidera o ranking nacional de morte de mulheres.

Para tratar deste tema tão relevante, o vereador do município de Cariacica, Seu Pedro, realiza debate público nesta quinta-feira, dia 28 de novembro, na Câmara Municipal de Cariacica, a partir das 18h30. Participam do evento representantes de órgãos estaduais e municipais de políticas para a mulher.

Os estudantes universitários que comparecerem ao debate receberão certificado de participação, que pode ser usado como comprovante de atividade complementar. As inscrições serão feitas no dia do evento, antes de começar o debate.

A iniciativa faz parte dos “16 Dias de Ativismo pelo fim da Violência contra a Mulher”, Lei 5054, criada pelo vereador Seu Pedro.

chega