As onze carreiras mais promissoras para 2016

Passado um ano de temor no mercado de trabalho, 2016 irá exigir muita eficiência aos que buscam novas colocações, segundo pesquisa realizada na primeira semana de dezembro pela empresa inglesa de recrutamento e seleção Michael Page. A consultoria indica que as posições que tendem a absorver novas atribuições e funções dentro das empresas, melhorando a eficiência do trabalho e reduzindo os gastos, serão as mais valorizadas pelas companhias no próximo ano. Cargos de gerência e os relacionados à área de tecnologia da informação prometem ser as mais prestigiadas, devido ao encolhimento do número de funcionários em algumas empresas e ao aumento da necessidade de conhecimentos nas plataformas online.

`Diante das incertezas macroeconômicas, as empresas estão priorizando profissionais que possuem larga experiência e, de fato, consigam agregar valor e eficiência ao negócio. O executivo que entender este momento e se colocar à disposição para absorver uma nova função ou dar apoio em mais de uma área, pode se destacar facilmente dentro da companhia`, afirma Henrique Bessa, diretor-executivo da Michael Page.

Confira a relação dos 11 cargos mais promissores e prepare-se para dar um novo rumo à carreira em 2016:

1 – Gerente ou Coordenador de Infraestrutura

É responsável por toda a gestão de infraestrutura de TI (Tecnologia da Informação) – telecomunicações, suporte (service desk) e data center. Perfil para o cargo: Formação em sistemas ou ciência da informação e pós-graduação na área é um diferencial. Por que estará em alta em 2016: Infraestrutura de TI afeta diretamente a eficiência operacional da empresa, além de trazer reduções de custos. Eficiência e custos são dois dos principais objetivos das empresas no próximo ano. Salário: Entre 12 000 e 16 000 reais.

2 – Gerente ou Coordenador de Plataformas Mobile e Web

Lidera equipe de desenvolvedores de aplicativos, ferramentas web, visa aproximar o usuário da marca ou empresa. Perfil para o cargo: Para web, conhecimento no desenvolvimento em Java, Groovy, DevOps, entre outras tecnologias. Para mobile, conhecimentos IOS e Android, principalmente. Por que estará em alta em 2016: Existe uma tendência na maioria dos setores da economia (incluindo financeiro, varejo, bens consumo, entre outros) da migração do ponto de venda e do relacionamento com clientes para plataformas on-line e de e-commerce. Salário: Entre 9 000 e 11 000 reais.

3 – Gerente Tributário

Garante que a sua empresa está em dia com as obrigações fiscais, dá suporte a áreas internas em consultoria tributária e mantém foco no estudo de incentivos, regimes especiais e novas legislações com o objetivo de reduzir a carga tributária e aumentar a eficiência do negócio. Perfil para o cargo: Formação em Ciências Contábeis ou Direito, com especializações em direito tributário e bom domínio do inglês. Passagem por consultorias big four (grupo das quatro maiores empresas contábeis especializadas em consultoria: EY, PwC, Deloitte e KPMG) é um diferencial. Por que estará em alta em 2016: Com o atual governo mirando aumentar a arrecadação dos impostos, somado as frequentes alterações na legislação brasileira e novos projetos em fase de implementação (como o e-Social), a expectativa da Michael Page é que esta área continue em alta no radar das empresas. Salário: Entre 12 000 e 17 000 reais.

4 – Controller

Acompanha toda a operação da empresa sob o ponto de vista financeiro, cria relatórios e indicadores, além de liderar os relatórios dos números para a matriz e/ou acionistas. Perfil para o cargo: Graduado em Ciências Contábeis, Administração de Empresas ou Economia (para estas duas últimas formações, é fundamental desenvolver base contábil técnica ao longo da carreira). Por que estará em alta em 2016: O cenário incerto da economia brasileira demandará maior precisão de informações e fará com que as matrizes (ou acionistas) fiquem mais próximas às operações em nosso país. Salário: Entre 16 000 e 21 000 reais.

5 – Gerente de Tesouraria (com foco em operações estruturadas)

Responsável em fazer a gestão e controle da estrutura de capital das empresas. Possui ampla bagagem de relacionamento bancário de médio ou longo prazo, e de projeção e controle do fluxo de caixa das organizações. Perfil para o cargo: Graduado Ciências Contábeis, Administração de Empresas, Economia ou Engenharia, normalmente com MBA em Finanças Corporativas e/ou Investments. Por que estará em alta em 2016: É um profissional que poderá baratear o “custo de captação” das empresas, melhorar o nível de relacionamento bancário, trazer operações mais engenhosas sob o ponto de vista contábil, com grande foco em queda de alavancagem (ou nível de endividamento da empresa). Com o novo cenário de câmbio poderá proteger a organização de exposições indevidas, além de poder facilitar ou melhorar negócios em âmbito internacional. Salário: Entre 16 000 e 25 000 reais.

6 – Head do Departamento Jurídico

É o responsável por todas as demandas jurídicas da empresa. Será responsável também pelo orçamento da área e gestão de equipe. O head fica encarregado de pensar em maneiras de `baratear` os processos jurídicos de uma companhia, buscando brechas na legislação, por exemplo. Perfil para o cargo: Formação em Direito ou Administração e domínio de inglês indispensável. Habilidade em gerir escritórios. Facilidade em relacionamento com as outras áreas de negócio. Saber como transitar entre as áreas da empresa é hoje algo considerado essencial para este profissional. Perfil de liderança para exercer uma boa gestão de sua equipe. Por que estará em alta em 2016: No cenário atual, considerando o momento em que o Brasil está passando, as empresas têm tomado uma postura de corte de custos e consequente redução de pessoal – no departamento jurídico, as empresas têm contratado o head, responsável por muitas funções do setor jurídico, em detrimento de um diretor, por exemplo, que tem salário maior. Salário: Entre 10 000 e 15 000 reais.

7 – Gerente de Contencioso de Volume

É responsável por conduzir operações que lidam com um alto volume de processos jurídicos. O gerente de contencioso de volume realiza as tarefas que são penasdas pelo head: é ele que fica encarregado de dar seguimento nas ideias de melhorias que o head elaborou para cada processo jurídico. Perfil para o cargo: Mais do que a habilidade técnica, este profissional terá que ter competências administrativo-financeiras para gerir um alto volume de processos. Deve ser um bom desenvolvedor de estratégia para aumentar rentabilidade, ter foco em resultados com grande eficiência e com isso garantir a manutenção dos clientes. Por que estará em alta em 2016: A área cível, ações de recuperação de créditos e indenizatórias bem como a área trabalhista terão muita demanda, em vista do alto volume de demissões ou rescisões que ocorreram em 2015. Salário: Entre 9 000 e 14 000 reais.

8 – Advogado Sênior ou Gerente na área de M&A

Normalmente compõe a área jurídico-consultiva da empresa ou escritório. É responsável pela elaboração desde atos societários mais simples aos mais complexos, que compõem as operações de M&A (ou F&A – fusões e aquisições de empresas). Perfil para o cargo: Habilidade técnica e experiência em execução de fusões e aquisições de empresas. Inglês indispensável, já que muitas das operações envolvem investidores estrangeiros. Por que estará em alta em 2016: No atual cenário político-econômico e a alta do dólar, a tendência é de que investidores estrangeiros façam aquisições de empresas nacionais que estão desvalorizadas. Assim, a expectativa do profissional desta área deve ser positiva tendo em vista o alto volume de M&A esperado no pipeline dos próximos meses. Salário: Entre 11 000 e 17 000 reais.

9 – Gerente de Inteligência de Mercado

Gerencia as atividades relacionadas à inteligência de mercado, envolvendo análise de dados sobre concorrência, consumidores, tendências e cenários, com o objetivo de definir políticas e processos e subsidiar informações para as áreas de Marketing, Comunicação e Comercial na busca por oportunidades de crescimento e inovação. Perfil para o cargo: Profissionais com capacidade de análise e excelente raciocínio lógico. Por que estará em alta: Devido ao baixo crescimento do PIB em 2014 e 2015 e estímulos cada vez maiores por novos hábitos de consumo, as empresas tem procurado profissionais capazes de avaliar não só as mudanças dos hábitos dos consumidores, mas também os impactos financeiros que estas informações podem gerar nas empresas. Áreas como inteligência de mercado e customer insight (visão do cliente, na tradução livre) são áreas que devem crescer em 2016. Salário: Entre 10 000 e 15 000 reais.

10 – Gerente de Marketing Digital

Realiza gestão da estratégia digital, atua com pesquisas e vendas, análise de mercados e tendências, além do suporte consultivo gerencia. Também identifica as novas oportunidades de produtos, serviços, informações e soluções através de plataformas digitais. Perfil para o cargo: Formação em Marketing. Profissionais com conhecimento em experiência do usuário e compra de mídia online conseguem garantir mais e melhores acessos ao site e assim, melhorar a taxa de conversão e vendas dos sites. Por que estará em alta: Em um momento onde o digital ganha bastante espaço no mercado, o profissional de marketing com conhecimento em plataformas online se destaca por conhecer os processos e ferramentas para esse tipo de público. Salário: Entre 10 000 e 14 000 reais.

11 – Gerente de Logística

Controla, organiza e garante a integridade do estoque, faz a gestão de toda a equipe operacional, contrata serviço de manutenção e operação, além de transporte, podendo se envolver com questões ligadas às atividades aduaneiras. Perfil para o cargo: Ideal um Engenheiro de Produção com pós-graduação em Logística. Por que estará em alta: Em momento de reestruturações nas empresas, a área de Logística ganha destaque por ter um grande custo concentrado nela. Ter o profissional correto liderando esse departamento traz para empresas novas avaliações de fretes, armazenagens, estudos de terceirização onde conseguem diminuir os custos e garantir a qualidade em todos os elos da cadeia logística. O profissional que tem experiência estratégica e tática em logística e possui certificações em melhoria contínua se destacam no mercado. Salário: Entre 10 000 e 15 000 reais.

jovens-no-mercado-de-trabalho-original

Fonte: Veja

As onze carreiras mais promissoras para 2016

Passado um ano de temor no mercado de trabalho, 2016 irá exigir muita eficiência aos que buscam novas colocações, segundo pesquisa realizada na primeira semana de dezembro pela empresa inglesa de recrutamento e seleção Michael Page. A consultoria indica que as posições que tendem a absorver novas atribuições e funções dentro das empresas, melhorando a eficiência do trabalho e reduzindo os gastos, serão as mais valorizadas pelas companhias no próximo ano. Cargos de gerência e os relacionados à área de tecnologia da informação prometem ser as mais prestigiadas, devido ao encolhimento do número de funcionários em algumas empresas e ao aumento da necessidade de conhecimentos nas plataformas online.

`Diante das incertezas macroeconômicas, as empresas estão priorizando profissionais que possuem larga experiência e, de fato, consigam agregar valor e eficiência ao negócio. O executivo que entender este momento e se colocar à disposição para absorver uma nova função ou dar apoio em mais de uma área, pode se destacar facilmente dentro da companhia`, afirma Henrique Bessa, diretor-executivo da Michael Page.

Confira a relação dos 11 cargos mais promissores e prepare-se para dar um novo rumo à carreira em 2016:

1 – Gerente ou Coordenador de Infraestrutura

É responsável por toda a gestão de infraestrutura de TI (Tecnologia da Informação) – telecomunicações, suporte (service desk) e data center. Perfil para o cargo: Formação em sistemas ou ciência da informação e pós-graduação na área é um diferencial. Por que estará em alta em 2016: Infraestrutura de TI afeta diretamente a eficiência operacional da empresa, além de trazer reduções de custos. Eficiência e custos são dois dos principais objetivos das empresas no próximo ano. Salário: Entre 12 000 e 16 000 reais.

2 – Gerente ou Coordenador de Plataformas Mobile e Web

Lidera equipe de desenvolvedores de aplicativos, ferramentas web, visa aproximar o usuário da marca ou empresa. Perfil para o cargo: Para web, conhecimento no desenvolvimento em Java, Groovy, DevOps, entre outras tecnologias. Para mobile, conhecimentos IOS e Android, principalmente. Por que estará em alta em 2016: Existe uma tendência na maioria dos setores da economia (incluindo financeiro, varejo, bens consumo, entre outros) da migração do ponto de venda e do relacionamento com clientes para plataformas on-line e de e-commerce. Salário: Entre 9 000 e 11 000 reais.

3 – Gerente Tributário

Garante que a sua empresa está em dia com as obrigações fiscais, dá suporte a áreas internas em consultoria tributária e mantém foco no estudo de incentivos, regimes especiais e novas legislações com o objetivo de reduzir a carga tributária e aumentar a eficiência do negócio. Perfil para o cargo: Formação em Ciências Contábeis ou Direito, com especializações em direito tributário e bom domínio do inglês. Passagem por consultorias big four (grupo das quatro maiores empresas contábeis especializadas em consultoria: EY, PwC, Deloitte e KPMG) é um diferencial. Por que estará em alta em 2016: Com o atual governo mirando aumentar a arrecadação dos impostos, somado as frequentes alterações na legislação brasileira e novos projetos em fase de implementação (como o e-Social), a expectativa da Michael Page é que esta área continue em alta no radar das empresas. Salário: Entre 12 000 e 17 000 reais.

4 – Controller

Acompanha toda a operação da empresa sob o ponto de vista financeiro, cria relatórios e indicadores, além de liderar os relatórios dos números para a matriz e/ou acionistas. Perfil para o cargo: Graduado em Ciências Contábeis, Administração de Empresas ou Economia (para estas duas últimas formações, é fundamental desenvolver base contábil técnica ao longo da carreira). Por que estará em alta em 2016: O cenário incerto da economia brasileira demandará maior precisão de informações e fará com que as matrizes (ou acionistas) fiquem mais próximas às operações em nosso país. Salário: Entre 16 000 e 21 000 reais.

5 – Gerente de Tesouraria (com foco em operações estruturadas)

Responsável em fazer a gestão e controle da estrutura de capital das empresas. Possui ampla bagagem de relacionamento bancário de médio ou longo prazo, e de projeção e controle do fluxo de caixa das organizações. Perfil para o cargo: Graduado Ciências Contábeis, Administração de Empresas, Economia ou Engenharia, normalmente com MBA em Finanças Corporativas e/ou Investments. Por que estará em alta em 2016: É um profissional que poderá baratear o “custo de captação” das empresas, melhorar o nível de relacionamento bancário, trazer operações mais engenhosas sob o ponto de vista contábil, com grande foco em queda de alavancagem (ou nível de endividamento da empresa). Com o novo cenário de câmbio poderá proteger a organização de exposições indevidas, além de poder facilitar ou melhorar negócios em âmbito internacional. Salário: Entre 16 000 e 25 000 reais.

6 – Head do Departamento Jurídico

É o responsável por todas as demandas jurídicas da empresa. Será responsável também pelo orçamento da área e gestão de equipe. O head fica encarregado de pensar em maneiras de `baratear` os processos jurídicos de uma companhia, buscando brechas na legislação, por exemplo. Perfil para o cargo: Formação em Direito ou Administração e domínio de inglês indispensável. Habilidade em gerir escritórios. Facilidade em relacionamento com as outras áreas de negócio. Saber como transitar entre as áreas da empresa é hoje algo considerado essencial para este profissional. Perfil de liderança para exercer uma boa gestão de sua equipe. Por que estará em alta em 2016: No cenário atual, considerando o momento em que o Brasil está passando, as empresas têm tomado uma postura de corte de custos e consequente redução de pessoal – no departamento jurídico, as empresas têm contratado o head, responsável por muitas funções do setor jurídico, em detrimento de um diretor, por exemplo, que tem salário maior. Salário: Entre 10 000 e 15 000 reais.

7 – Gerente de Contencioso de Volume

É responsável por conduzir operações que lidam com um alto volume de processos jurídicos. O gerente de contencioso de volume realiza as tarefas que são penasdas pelo head: é ele que fica encarregado de dar seguimento nas ideias de melhorias que o head elaborou para cada processo jurídico. Perfil para o cargo: Mais do que a habilidade técnica, este profissional terá que ter competências administrativo-financeiras para gerir um alto volume de processos. Deve ser um bom desenvolvedor de estratégia para aumentar rentabilidade, ter foco em resultados com grande eficiência e com isso garantir a manutenção dos clientes. Por que estará em alta em 2016: A área cível, ações de recuperação de créditos e indenizatórias bem como a área trabalhista terão muita demanda, em vista do alto volume de demissões ou rescisões que ocorreram em 2015. Salário: Entre 9 000 e 14 000 reais.

8 – Advogado Sênior ou Gerente na área de M&A

Normalmente compõe a área jurídico-consultiva da empresa ou escritório. É responsável pela elaboração desde atos societários mais simples aos mais complexos, que compõem as operações de M&A (ou F&A – fusões e aquisições de empresas). Perfil para o cargo: Habilidade técnica e experiência em execução de fusões e aquisições de empresas. Inglês indispensável, já que muitas das operações envolvem investidores estrangeiros. Por que estará em alta em 2016: No atual cenário político-econômico e a alta do dólar, a tendência é de que investidores estrangeiros façam aquisições de empresas nacionais que estão desvalorizadas. Assim, a expectativa do profissional desta área deve ser positiva tendo em vista o alto volume de M&A esperado no pipeline dos próximos meses. Salário: Entre 11 000 e 17 000 reais.

9 – Gerente de Inteligência de Mercado

Gerencia as atividades relacionadas à inteligência de mercado, envolvendo análise de dados sobre concorrência, consumidores, tendências e cenários, com o objetivo de definir políticas e processos e subsidiar informações para as áreas de Marketing, Comunicação e Comercial na busca por oportunidades de crescimento e inovação. Perfil para o cargo: Profissionais com capacidade de análise e excelente raciocínio lógico. Por que estará em alta: Devido ao baixo crescimento do PIB em 2014 e 2015 e estímulos cada vez maiores por novos hábitos de consumo, as empresas tem procurado profissionais capazes de avaliar não só as mudanças dos hábitos dos consumidores, mas também os impactos financeiros que estas informações podem gerar nas empresas. Áreas como inteligência de mercado e customer insight (visão do cliente, na tradução livre) são áreas que devem crescer em 2016. Salário: Entre 10 000 e 15 000 reais.

10 – Gerente de Marketing Digital

Realiza gestão da estratégia digital, atua com pesquisas e vendas, análise de mercados e tendências, além do suporte consultivo gerencia. Também identifica as novas oportunidades de produtos, serviços, informações e soluções através de plataformas digitais. Perfil para o cargo: Formação em Marketing. Profissionais com conhecimento em experiência do usuário e compra de mídia online conseguem garantir mais e melhores acessos ao site e assim, melhorar a taxa de conversão e vendas dos sites. Por que estará em alta: Em um momento onde o digital ganha bastante espaço no mercado, o profissional de marketing com conhecimento em plataformas online se destaca por conhecer os processos e ferramentas para esse tipo de público. Salário: Entre 10 000 e 14 000 reais.

11 – Gerente de Logística

Controla, organiza e garante a integridade do estoque, faz a gestão de toda a equipe operacional, contrata serviço de manutenção e operação, além de transporte, podendo se envolver com questões ligadas às atividades aduaneiras. Perfil para o cargo: Ideal um Engenheiro de Produção com pós-graduação em Logística. Por que estará em alta: Em momento de reestruturações nas empresas, a área de Logística ganha destaque por ter um grande custo concentrado nela. Ter o profissional correto liderando esse departamento traz para empresas novas avaliações de fretes, armazenagens, estudos de terceirização onde conseguem diminuir os custos e garantir a qualidade em todos os elos da cadeia logística. O profissional que tem experiência estratégica e tática em logística e possui certificações em melhoria contínua se destacam no mercado. Salário: Entre 10 000 e 15 000 reais.

jovens-no-mercado-de-trabalho-original

Fonte: Veja