Aluno de Biomedicina apresenta trabalho de Iniciação Científica

“Epidemiologia molecular e diversidade genética do vírus ebola na recente epidemia”, esse foi o tema do trabalho de Iniciação Científica apresentado pelo aluno do 7º Período do curso de Biomedicina da PIO XII, Marcos Antonio Casagrande Sant’Anna, na quinta-feira, dia 14 de maio, aos seus colegas de curso.

IMG-20150515-WA0015site

IMG-20150515-WA0014sirte

IMG-20150514-WA0014site

O orientador do trabalho de pesquisa, Professor Doutor Rodrigo Pratte, explicou o objetivo do trabalho. “Verificar a distribuição epidemiológica e a diversidade genética do vírus Ebola na recente epidemia com base nas sequências de DNA depositadas no Genbank do NCBI”.

Ao final da pesquisa, foi concluído que existe um ancestral comum entre o vírus Ebola detectado na África e o que causou a recente epidemia. “Nossa análise foi capaz de comparar os vírus atuais com os vírus detectados na década de 90 e os agrupou de forma semelhante. As espécies desta família parecem estar em constante evolução”, detalhou o docente.

Parabéns ao aluno Marcos Antonio pela excelente pesquisa, e ao Professor Rodrigo Pratte por orientar o trabalho!

Aluno de Biomedicina apresenta trabalho de Iniciação Científica

“Epidemiologia molecular e diversidade genética do vírus ebola na recente epidemia”, esse foi o tema do trabalho de Iniciação Científica apresentado pelo aluno do 7º Período do curso de Biomedicina da PIO XII, Marcos Antonio Casagrande Sant’Anna, na quinta-feira, dia 14 de maio, aos seus colegas de curso.

IMG-20150515-WA0015site

IMG-20150515-WA0014sirte

IMG-20150514-WA0014site

O orientador do trabalho de pesquisa, Professor Doutor Rodrigo Pratte, explicou o objetivo do trabalho. “Verificar a distribuição epidemiológica e a diversidade genética do vírus Ebola na recente epidemia com base nas sequências de DNA depositadas no Genbank do NCBI”.

Ao final da pesquisa, foi concluído que existe um ancestral comum entre o vírus Ebola detectado na África e o que causou a recente epidemia. “Nossa análise foi capaz de comparar os vírus atuais com os vírus detectados na década de 90 e os agrupou de forma semelhante. As espécies desta família parecem estar em constante evolução”, detalhou o docente.

Parabéns ao aluno Marcos Antonio pela excelente pesquisa, e ao Professor Rodrigo Pratte por orientar o trabalho!